Mary Quant: um motim de vigor, energia e rebelião

“É dado a poucos afortunados nascerem na hora certa, no lugar certo, com os talentos certos. Na moda recente, temos três: Chanel, Dior e Mary Quant.” Frase de Ernestine Carter, curadora e jornalista de moda das décadas de 50 e 60. Dos 3 mencionados o V&A, Victoria &Albert Museum, traz exposição dos dois últimos. Afortunados são os que podem passar por lá.

Eu não entendo bulhufas de moda. Conheço os estilistas mais famosos, obviamente. E também fui a alguns desfiles de moda durante London Fashion Week. Mas não me interesso por roupas da estação (ainda se fala disto?!); cores da moda (e disto?!). Nunca, e aqui eu quero dizer nem uma vezinha sequer, comprei uma revista de moda. Uma vez fui a um salão de beleza em São Paulo e perguntei ‘a recepcionista. “Vim aqui no ano passado e fiz uma escova com uma moça mas não lembro o nome dela. Será que você me acha aí no computador?”. Sem titubear, ela respondeu. “Eu lembro de você. Você não gosta de revista de moda, né?”. Entenderam agora?

Esta atitude vai até chegar ‘a formidável Mary Quant. Que ela inventou a mini saia, todo mundo sabe. O fato é que ela criou um novo modo de viver. “Eu não tinha tempo de liderar o Women’s lib (movimento de liberação da mulher)”. Ela vivia o Women’s LIb. Da Londres cinzenta do pós guerra, surgiu uma geração que queria arriscar, se divertir. Quant percebeu que ninguém mais queria se vestir da maneira aristocrata e recatada de antes. ‘Nem ter o cabelo como um bolo de casamento’. Suas roupas tinham de ser confortáveis, acima de tudo. “Tecidos são planos. E as mulheres são redondas.” “Pés são complexos, nunca tive um par de sapatos confortável “

Sua loja, Bazaar, era o ponto mais badalado da Kings Road e epicentro do Swinging Sixties. Chelsea ficou rapidamente conhecida no mundo inteiro. Bazaar era o destino de toda mulher moderna/trabalhadora em busca de um look mais informal e confortável. Ela trouxe o entretenimento ‘a moda. Seus desfiles eram compostos de danças, acrobacias, beijos. Incluíam uma grande dose de brincadeiras nos bastidores. As modelos se maquiavam, se vestiam, se divertiam.

Nem precisa entender alemão…..

Sabe aquela mesa onde incluí o Oscar Wilde? Pois ela seria num dos bares da Kings Road nos anos 60. No doubt about it. E eu estaria de vestidinho curto, laranja e azul, bota de PVC. Mostrando a língua pra todo mundo.

E quando a roupa mudou, a ” cara ficou errada”, ela disse. E assim surgiu a linha de maquiagem que arrebentou com o mercado. Tinha até manual de instrução. (veja ao lado). Uma mulher totalmente em controle da sua vida, seu corpo, seu futuro. Gênio.
A exposição traz 200 itens , muitos doados por mulheres que guardaram vestidos e sapatos por mais de 50 anos! Também inclui peças da coleção particular da estilista. Você sente a energia da época no salão.

Assistam ‘a esta entrevista onde ela explica tudo.

O propósito da roupa para mulher deveria ser 1) Te notam, 2) E’ sexy, 3)Voce se sente bem. Não consigo ver alguém usando algo para se manter agasalhada”

7 Replies to “Mary Quant: um motim de vigor, energia e rebelião”

  1. Betise você escreve de maneira muito gostosa de ler!!
    A exposição acho que poderia ter sido mais bem montada. Seu texto me deu até vontade de voltar lá e ver com outros olhos!

    Liked by 1 person

    1. Sabe que eu tinha escrito este post todo e , quando publiquei, desapareceu. TUDO! Quase surtei. Soltei palavrão, saí do escritório p da vida. Voltei rapidamente antes que perdesse a vontade de escrever qq coisa. Ever. ha ha. .Nem sei se ficou tão bom quanto o outro.
      Fui nesta expo com a Carmela, que sabe tudo de moda! Foi muito divertido. Mas, como falei, o que eu gosto é o que a Quant criou um novo mundo. Pegou uma sociedade e virou de cabeça para baixo. Fiquei mesmo me imaginando naquela época. Não foi tão bem montada quanto a do Dior. Tem bem menos material, né? Mas não é pra ter glamour. Exatamente o que ela se rebelou contra. Enfim, adorei os videos, as histórias del e tive vontade de ir saber mais. Pra mim, isto é sinal que a exposição funcionou.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s