“Se houvesse empates no tênis, eu ficaria feliz em aceitar um hoje com o Rafa. Sério.”

Foi assim que Roger Federer definiu o jogo contra o espanhol depois de derrota-lo na final do Aberto da Austrália de 2017. Fácil dizer isto depois de ganhar, né? Mas parece ser genuíno. Numa excelente entrevista a Simon Kuper, do Financial Times, o suíço confessa não ter feito muitos amigos nestes 20 anos jogando um ‘unicamente lindo tênis'(uniquely gorgeous tennis), como descreve Kuper. Nenhuma surpresa. Em atividades ferrenhamente disputadas, amizades verdadeiras raramente florescem.

Federer, porém, garante que, dos poucos amigos que continuarão seus amigos depois de ele se aposentar – ainda me sinto esquisita escrevendo as palavras Federer e aposentar perto uma da outra -, Rafael Nadal seguramente será um deles. Eu estava na quadra central de Wimbledon na final de 2008 (clique para assistir) quando estes dois monstros do tênis se enfrentaram no que foi, disparadamente, o melhor jogo que eu vi ao vivo. O espanhol venceu por 9×7 no quinto set.

Choveu e parou umas trocentas vezes e ficamos saindo e voltando da quadra a tarde inteira. Foi antes da instalação do teto e imagino que o ir e vir os tenha incomodado bem mais do que a mim. Hoje eles se reencontram no mesmo torneio, na mesma quadra , pela 1a vez desde aquela final antológica. E, parece, as primeira gotinhas a brindarem Wimbledon este ano podem cair esta tarde.

Com o teto, o assunto chuva ou sol só muda mesmo o entusiasmo dos meteorologistas. As 39 mil pessoas que diariamente passam pelos portões do All England Lawn Tennis & Croquet Club se refastelam. Tem os que …

Acamparam dias para comprar ingresso

Trouxeram seus próprios picnics

Encomendaram o picnic do torneio – opção vegana

Ou se deliciaram com as incontáveis opções disponíveis.

Capricharam (ou não) no visual e aparatos

O torneio também teve suas novidades sustentáveis. As raquetes, depois de encordoadas, não são mais colocadas em sacos plásticos. Pontos refil de água, opções veganas. E o lançamento da marca Wimbledon de comida. Eles são um business fenomenal .

E novidades de ‘coisas velhas’ –

Paredes montadas este ano no prédio exclusivo de Debentures Fiz um vide(todo tremido 🙂

As flores são um espetáculo ‘a parte. O chefe dos jardineiros já está plantando coisas novas para o ano que vem.

E nenhum detalhe passa despercebido

O cuidado com as quadras, obviamente, é fundamental. Ao final do dia, todas as quadras são varridas – grama morta acumula

E depois aguadas e cuidadosamente cobertas

E curiosidades. Um livro para crianças se entreterem além do tênis

E tem um fulano que passa o dia inteiro impedindo que o povo se aglomere e bloqueie a passagem. Parece besteira/implicância/inglesice mas um sujeito teve um enfarte lá este ano e so’ foi salvo pelo pronto atendimento do St John’s Ambulance e a saída rápida para o hospital

E para terminar, vai que alguém ainda se entedie por ali..

E agora eu vou lá sentar na frente da televisão ver as semifinais…

4 Replies to ““Se houvesse empates no tênis, eu ficaria feliz em aceitar um hoje com o Rafa. Sério.””

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s