Um esqueleto do armário: do Senninha!!

Por razões pessoais, tive de arrumar os armários de casa – aquela ‘varrida’ de coisas para ver o que realmente você ainda quer guardar a esta altura da vida. Não foi um Marie Kondo porque eu nem sei o que isto significa. Não sou chegada a livros de auto ajuda. E, se não mexi até hoje em tudo que guardei estes últimos 25 anos, é porque tive motivos infinitamente melhores que desapegos ou out with the old, in with the new.

Como não dava pra fazer este limpão apoiada por uma garrafa de vinho – como fiz quando assisti uma única fez ao filme Senna – o jeito foi não olhar com detalhe para nada. Tentar tratar o mais superficialmente possível. Livros ficam, reportagens ficam, fotos também. Adesivos, videos, faxes trocados com ele… ficam, claro! Pin, colantes, fitas de TV…. ai Deus, tudo fica. Todos estes recortes de matérias sobre os acidentes? Claro, isto é história. Todos os Press Releases que escrevi, as colunas para a Quatro Rodas, o Tokyo Shinbum, a revista alemã.. Acho que estes posso jogar fora…. ………….. Pilha nova: a ser decidido.

Era como se eu tivesse um Senninha em casa ombro. O de guardar tudo era mais como o próprio piloto: firme, decidido e sempre conseguindo o que queria. Foi quando achei este Press Pack. Fiquei emocionada. Foi amor a 1a vista. Este personagem é muito fofo!!!! Acho que era a única coisa do armário todo que eu não lembrava ter guardado. Espero que vocês gostem.

Imagens Julia A Head

31 Replies to “Um esqueleto do armário: do Senninha!!”

  1. Eu adoro qualquer notícia, imagem, recordação que remete ao Ayrton.
    Então muito obrigada por compartilhar! Senninha fez parte da minha infância, tinha revistas e selos de carta dele que meu pai sempre me dava!! Qualquer dia posta como você o conheceu , como foi o primeiro contato e os impactos dele na sua vida!!! Adoro seu blog

    Liked by 1 person

  2. Betise, comentei no seu post que era Senninha meio na brincadeira! Mas que surpresa agradável! Produzimos o Press Pack em 93 para o lançamento em 94! Vou como éramos jovens com um brilho no olhar? O brilho ainda tenho, hehe… traga pra gente assinar!

    Liked by 1 person

  3. Fiquei dividido c a alegria de saber de vc. Uma das amigas mais marcantes da minha irma. Marta. Mas com o sadness de falar sobre o senna
    Eu ainda nao aceitei a perda dele
    Um abraco

    Liked by 1 person

    1. Cesar querido, Entendo completamente o que está sentindo. Meu mecanismo de aceitar perdas é pensar que a pessoa está apenas vivendo em outro lugar; mudou de país, sei lá. Não faz sentido mas me dá paz. Tem gente que acredita em outra vida. Também não faz sentido pra mim.

      Gostar

  4. Acho que você devia revelar o conteúdo da carta que Ayrton deixou para Adriane. Passaram 25 anos, é hora de se saber. Sem isso a história nunca estará completa, e a responsabilidade é sua.

    Liked by 1 person

  5. Oi Betise! Muito obrigada por compartilhar conosco! Poxa, quanta saudade! Às vezes ainda acho que o Ayrton tá no escritório em SP ou andando de jet ski em Angra… tanto tempo depois, ainda é difícil acreditar! Adorei a parte do Senninha sempre alegre…”essa parte não condiz com o piloto “ rs me remete à outro episódio que vc relembrou aki, o do McDonald’s….” vc é o Alan Prost?” Kkkkkkk …. muitas saudades! E obrigada mais uma vez por dividir essas relíquias conosco! Bjs

    Liked by 1 person

  6. Olhe, se isso foi inventado também é grave. Deve ler o livro “Fatal Weekend” de Tom Rubython, 2015, onde ele escreve que você estava com Galvão Bueno quando isso ocorreu.
    Por mim fico por aqui, você não precisa de responder mais, mas acho que se não é verdade devia tomar medidas: é muito feia a imagem que fica.
    Obrigada pela sua atenção.

    Liked by 1 person

    1. `Caríssima, Jacky. Sabe que lembro quando me comunicaram sobre a publicação deste livro. Não estava em um bom estado para ler sobre o Ayrton. Mas lembro que fui checar quem era este cara e nunca tinha ouvido falar dele. Ele nunca conversou com o Ayrton ou comigo. Nunca organizei uma entrevista com ele para ninguém e ele não seguia o circo da F1. Por isto, nem perdi o meu tempo ou desperdicei meu dinheiro com ele. Uma pena que você -e provavelmente, muitas outras pessoas, tenham sido enganadas. Grande abraço

      Gostar

      1. O problema é que ele é conhecido e tem dois livros sobre Senna, o que faz dele especialista. Depois, a forma como ele conta a história, com tanto pormenor, não dá para ninguém sequer suspeitar que é mentira. Sendo assim, eu acho que você devia denunciar isso publicamente.Quem mente deve ser penalizado.
        Sinceramente, o caso sempre me pareceu suspeito, pelo muito que sei do Ayrton, ele nunca deixaria uma carta por postar. Portanto, ou não era uma carta, e ele escrevia muitas coisas que não eram cartas, ou não existiu. Enfim, melhor assim, para se poder escrever a história dele completa e sem falhas, porque a verdade aparece sempre.

        Gostar

Deixe uma Resposta para Kleber (papà di Hayden) Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s