Exemplo de Família

Stan, Briget and Francis Barker brincavam no loteamento onde moram, em Warwickshire (centro da Inglaterra), quando encontraram um pacote de batatinha diferente. Pegaram-no e levaram-no pra casa – provavelmente para pedir que a mãe comprasse. Mas isto é pura especulação. Não tenho esta informação. A verdade é que os pais reconheceram os salgadinhos. De memória. Aquele tipo era vendido 40 anos atrás!

“Os britânicos consumem 6 bilhões de pacotes de salgadinhos por ano. É MUITO plástico”, verificou Kebrina Barker. Ficou chocada. A gente precisa de um choque para começar a agir. Apoiada pelo marido, Warren, e os 3 filhos, ela criou um ‘centro’ de reciclagem na própria entrada da casa . Desde dezembro, a vizinhança toda é convidada a deixar seus diversos tipos de plásticos lá e a familia se responsabiliza em levar ou enviar cada um deles para centros apropriados de reciclagem.

São 12 lixos, uma dúzia de variações de plástico: garrafas, tampas, plásticos no papel, pratico laminado, lentes de contato, ‘bolsinhas molengas’ com comida e crianças, pastas de dentes, capsulas de café…. muitos deles considerados, aqui, não recicláveis. Até agora, os Barkers enviaram 194 kg de sacos de salgadinhos; 113 kg de capsulas de café; 47 kg de itens pessoais, como lenços umedecidos de maquiagens, frascos de protetores solares e produtos para cabelo, e 39 kg de embalagens para guloseimas.

Os Barkers levam tudo para a TerraCycle, uma das poucas empresas no mundo que recicla de tudo. Tem TerraCycle no Brasil também. Clique aqui. Eles pegam o plástico, limpam e rasgam em milhões de pedaços. E deles, fabricam bancos e postes de vedação, entre outras coisas. A reciclagem dos pacotes metálicos é uma das mais complicadas. TerraCycle tem tecnologia para transformá-los em pequenas pelotas de plástico usadas para fabricar mobília de jardim, bandejas, coberturas e pisos.

Os filhos organizaram uma coleta na escola e trazem para casa os pacotes e saquinhos das merendas dos amigos. E você, contribui na reciclagem na sua área? Você sabe o quanto doque você coloca no lixo é mesmo reciclado? Eu reciclo tudo. Lavo tudo, de pote de manteiga a vidro de maionese. Se for preciso, coloco na máquina de lavar prato. Um item sujo dentro de um saco de reciclagem pode contaminar tudo e meu trabalho seria perdido. É assim na minha área. E eles não aceitam tampas – plástico muito duro -, nem sacos de salgadihos, lenços umedecidos, lentes de contato?!? Nunca nem soube que podia.

Vou descobrir como fazer para enviar tudo pra Terra Cycle mais próxima. Toda hora é hora de pensar e repensar no que usamos, como e Por quê. E nos sentirmos um pouco envergonhados com a irresponsabilidade com que tratados este planeta.

8 Replies to “Exemplo de Família”

  1. Uma constatação que para mim foi importante é perceber que separando o lixo reciclável, percebi que produzo pouco lixo!!! E parte deste ainda poderia ser usado na compostagem (ainda não faço, mas pretendo!). Bom saber que uma embalagem suja pode contaminar outras, vou começar a limpa-las bem!

    Liked by 1 person

    1. Exatamente! Acabo de colocar o meu lixo de uma semana lá fora : um saco médio preto(meio cheio) e um saco médio de recicláveis. Moro com dois filhos adolescentes. Aqui a gente tem compostagem tb. Ontem coloquei um saquinho pequeno no lixo reservado para orgânicos.

      Liked by 1 person

Deixe uma Resposta para Betise Head Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s