É como tomar bolinha

Quando pequena, eu era uma peste. Isto mesmo, Na minha época, os adultos chamavam as crianças mais 'levadas' de pestes. Subia em árvores; vivia em cima dos muros; fazia guerra de mamonas com os meninos da vizinhança. Ou seja, eu era criança. Mas uma menina que não se comportava como uma menina dos anos 60.. …

Novo Ano……

Olha eu aqui outra vez! Pois é, tirei uns meses de 'folga'. À mudança de casa segui-se as festas de fim de ano, viagem de família.. E aqui estamos num Ano Novo. Queria poder escrever algo bem inspirador. Fui procurar na internet alguma citação inteligente, bem humorada e/ou sarcástica. Nada. Nadinha. Neste oceano de informação, …

Tu et Vous

Eu morei em Paris de fevereiro 1994 a julho 1995. Posso dizer, sem a menor sombra de dúvida, que não fui feliz por lá. Este período inclui a morte do Ayrton Senna, tudo que passei durante aquele fim de semana trágico e os mais que difíceis meses seguintes. E eu não subestimo nenhum pouquinho o …

No metrô

Entrei correndo, já bufando. A porta fechou justinho atrás de mim. Aquela situação em que todos no trem viram a cabeça na sua direção e você fica meio que esperando ver no olhar das pessoas um sorriso de aprovação ou um meio suspiro de alívio por não ter ficado presa ou se machucado na porta. …

Intoxicação amorosa

Inspirada na história de Peter  Farquhar e Benjamin Field, ou melhor no choque que me causou, na perplexidade em que fiquei e na saudade que me deu da maravilhosa professora de português, Marinete Veloso, sentei e escrevi esta crônica. Mudei nome, sexo, nacionalidade e me baseei em depoimentos de ex-alunos e amigos de Peter Farquhar …

Depois das mulheres, flores são as mais divinas das criações, Cristian Dior 1954

Pois é isto, amigas. Falou o mestre. Pessoalmente, eu acho que flores não chegam nem perto 🙂 🙂 Eu já falei aqui que não sou muito ligada em moda. Repito: Não entendo bulhufas. Mas tem moda que é revolução - Mary Quant. E tem moda que é pura arte. Este é o caso de Christian …