“Se houvesse empates no tênis, eu ficaria feliz em aceitar um hoje com o Rafa. Sério.”

Foi assim que Roger Federer definiu o jogo contra o espanhol depois de derrota-lo na final do Aberto da Austrália de 2017. Fácil dizer isto depois de ganhar, né? Mas parece ser genuíno. Numa excelente entrevista a Simon Kuper, do Financial Times, o suíço confessa não ter feito muitos amigos nestes 20 anos jogando um …

Mudaram o nome do português. De Afonso para Noel (?!?!)

Sotaques diferentes podem causar mal entendidos. Alguns beiram a safadeza. Outros podem ser meio embaraçosos e até há os que causam incidentes diplomáticos. Já vi de tudo por aqui. Na última década, Londres tornou-se a Babel do mundo moderno. Mais de um terço dos londrinos são estrangeiros - cerca de 2,5 milhões de pessoas. Esta …

Bronca de criança

Acaba de ser introduzido em Londres um novo controle de velocidade: bronca de crianças em idade escolar. É sério. Em fase experimental , a iniciativa visa colocar frente 'a frente os 'apressadinhos' e a garotada. Aqueles que ultrapassam o limite de velocidade podem escolher entre os pontos na carteira de habilitação ou a sabatina dos …

Resmungando pra viver

ADORO esta 'qualidade' dos britânicos. Ressalto: resmungar não é sinônimo de reclamar, um hábito vilificado por aqui. Nada mais desprezível do que ficar exigindo que tudo seja exatamente do jeito que você quer. Meus filhos quase se escondem embaixo da mesa quando peço - muito educadamente, 'vocês se incomodariam....' - pra levarem meu prato de …

Oscar Wilde

"Não é bom para a moral de alguém ver má atuação", n'O quadro de Dorian Gray, sobre o teatro. Sabe aquela velha pergunta: 'Cite 5 figuras históricas com as quais você gostaria de jantar'. Na minha lista um nome certeiro é o deste poeta e dramaturgo irlandês. Breves, recheados de bom humor e condimentados com …

Teatro e a minha emoção continuam analógicos

Se existe um reconhecimento mundial bem merecido é o respeito depositado no teatro britânico. É necessária uma blindagem contra o enriquecimento da própria existência para não se entusiasmar com a oferta inesgotável de produções em Londres. São tantas, tão variadas, tão criativas, tão extraordinárias. Tem teatro infantil, teatro shakespeariano, teatro musical, teatro feito pela comunidade …